terça-feira, julho 25, 2006

Isso nunca tinha lhe acontecido.
Ele fazia suas pernas tremerem de um jeito desigual, desatava a falar coisas que nunca teria coragem, "quase tudo quanto fosse natural".
Foi inevitável.
Suas mãos suavam. Calafrio. Um toque. Um olhar.
Ufa, foi fácil, mas passou muito rápido.
E ela queria mais.


"Põe mais um na mesa de jantar
por que hoje eu vou pra aí te ver
e tira o som dessa TV
pra gente conversar."

7 comentários:

luiz disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
parto sofrido disse...

eu sou d querer mais.. sem problema.

rafa hyczy disse...

"ele fazia suas pernas tremerem"
UAHUH
eu ja senti isso.
iuahiuah
:*** nega =)

natascha disse...

hahaha...
tem razão!!


beijo Ma

{ L }

,,
*

Debora disse...

Eu gosto do que você escreve.

E pelo que tenho visto, com um toque de paixão nos últimos dias.
=]

Beijos!

Anônimo disse...

Your are Excellent. And so is your site! Keep up the good work. Bookmarked.
»

Anônimo disse...

Great site loved it alot, will come back and visit again.
»