sexta-feira, fevereiro 27, 2009

crescer

Sozinha nessa Curitiba de céu sem estrelas, de pessoas frias e ônibus laranjas, fico a sonhar com o dia em que você chegará com o anel mais bonito dos anéis já feitos - com pedras encravadas e seu nome escrito dentro - ajoelhando-se e me pedindo, e eu dizendo que sim, meu amor, que serei apenas sua, que lhe deixarei me fazer mulher, que aprenderei a dançar, a cozinhar, a dirigir, que ouvirei seus discos com o maior gosto do mundo, que lhe darei filhos e filhas e netos e bisnetos, que esfregarei meus dedos em suas costas pra que você consiga dormir.

6 comentários:

Thomas disse...

Isso até parece clichê, acho que todas as mulheres gostariam de algo assim, eu acho que você vai ter hehe
netinhos e tudo mais, te amo maziiii :D
;*********

Thaizoca disse...

ouuun que amor!

Lucas disse...

Oun. E vc merece, Ma!

Beijones.

ps.: sobre sentir a cidade fria, eu também sinto. Brasília é um antro louco, de gente louca e fria.

:*

tatiana disse...

=')

PS: "Em Curitiba, minha doce Curitiba, todos querem falar e todos se arrependem de falar." Hasta siempre.

Angelo Horst disse...

eu amor hein?

Empadilha disse...

é em curitiba vai ser meio dificil...
no maximo, no maximo uma balançadinha de cabeça...

(não querendo te desanimar)!