sexta-feira, abril 03, 2009

Magdalena Carmen


Há um tempo atrás, comprei Frida no cestão das Lojas Americanas.
Adoro esse filme porque gosto das cores quentes, da história de amor da Frida e do Diego Rivera (igual a do Sartre e da Simone de Beauvoir, e que eu nunca conseguiria ter igual) e, claro, porque sempre gostei da vida da mestra.
Quando comprei o dvd, lembrei de uma das vezes em que vi o filme, há uns 4 anos, no Corujão. Era janeiro, férias de verão, e eu estava na praia com a minha prima.
Eu insisti pra ela ver comigo até o final, disse que era muito bom e essas coisas de quem é "fã". Ela seguiu meu conselho e viu inteiro. Fiquei feliz.
Quando terminou, olhei pra ela e perguntei, ansiosa e sorridente, o que ela tinha achado. Sabe o que ela respondeu?
"É legalzinho. Só não entendi por que escolheram uma mocinha com monocelha para ser a protagonista."
Ah, ok.

2 comentários:

Thomas disse...

aaa normal, hoje em dia a galera não liga mto pra arte... inclusive eu auhauahua

tatiana disse...

Broxar: define.