sábado, maio 12, 2007

- Então me responda, meu caro. - disse ele, segurando o cachimbo delicadamente com as mãos - Quais as melhores coisas dessa vida?
Enrugou a testa e pensou por breves segundos, até responder com uma imensa leveza:
- Amar. E ter a certeza de que um dia irá morrer.

8 comentários:

Marcos Angeli disse...

será a certeza da morte é q faz com q as coisas tenham mais sentido?
e é por isso q amamos inconscientes do final?

poeta quebrado disse...

risos.





dois beijos.

poeta quebrado disse...

que bom, que voltou a postar.
^^

fernando disse...

amar, dar cafungadas aos ouvidos da amada, dar mordidas de amor, fazer tudo que tem vontade, e ter a certeza de que um dia irá morrer

xoon disse...

ola, to lendo um blog aqui e outro ali,
sou amigo do poeta ^^
gostei mto desse
mto bom esse textinho
quem nunca amar não terá vivido ^^

xoon disse...

lindos sapatinhos ^^

tatiana disse...

Faz uns 3 ou 4 dias que eu tenho pensado em algo que sucintamente defina o que pensei ao ler esse post, ainda não encontrei as palavras.
Mas o que o(a) moço(a) da testa enrugada disse é a mais pura verdade.

Bill disse...

Verdade da pura...

Certeza que tudo tem sem valor... que um dia a luz acaba...

Simples assim...

adorei.

:*