segunda-feira, janeiro 22, 2007

importância

Você, eu e aquele velho disco do Doors.
- Não vai me deixar nunca, pequeno?
- É pro resto da minha vida.
- Sério? É mesmo?
- Sem você eu sou um nada.
Respirei aliviada e sorri.
.
.
.
A partir daquela noite, meu amor dormiu sozinho. A idéia de ser tão necessária para alguém me causa náuseas.

5 comentários:

fern disse...

the doors...


hoje perdi meu dentista.

Bill disse...

Doors... saudades ^^

A idéia de ser tão necessário para alguém me causa medo...
Dialogo bom para lembrar de sorrisos e de duvidas...

NHÁ a verdade é a que vemos no espelho... Está lá, mas é tudo ao contrario...

Beijo moça e ótima semana pra tu

:***

cá disse...

baaaah






meu tormento é não ouvir.

rafa. disse...

"...e nao há tempo que volte, amor. vamos viver tudo que há pra viver. mas nos permitir!" é pro post anterior ;) lulu santos...

beijo, florzinha!

tatiana disse...

"É pro resto da minha vida".
Desagradável, ao menos para mim. Há que se dispensar a previsão. ;)