domingo, junho 18, 2006

Ele fuma um cigarro entre uma xícara e outra de café. Tosse e pensa que deve parar - mas essa coisinha lhe dá um prazer inagualável.
Faz apenas duas semanas que ela se foi. Ele poderia jurar que são mais do que quinze dias - mas o calendário não mente; o lugar sem ela é torturante.
Sua barba está crescida, a louça sem lavar e o pó de café está quase acabando.
Ele tenta tirá-la dos pensamentos, mas é praticamente impossível.
"Será que ela 'tá bem, será que foi trabalhar hoje?"
O que mais lhe doía era saber que, se ela quisesse, acharia outro cara fácil. Sabia que ela iria "acabar dando pra outros caras. Isso é normal, mas ela se lembraria dele¹". Isso bastaria...
¹Faichecleres - Isso não é tão mal assim.




- Mordida. Sofá Psicobélico

5 comentários:

rafazinha disse...

coitado
=p
uhauahua
parabens ma =)
;**

Lucas disse...

aaain
como eu hein senhorita marianaaa...
eu nao sei como estou com este blog ate hoje, vao fazer 3 meseees =]

;****
eh fodaaaaa

Anônimo disse...

Here are some links that I believe will be interested

Anônimo disse...

I'm impressed with your site, very nice graphics!
»

Anônimo disse...

I really enjoyed looking at your site, I found it very helpful indeed, keep up the good work.
»